O programa realiza implantes orais com custo apenas de materiais. Um sorriso bonito é o desejo de qualquer pessoa, porém, mais do que estética, dentes saudáveis podem evitar disfunções no resto do corpo. O Instituto Clinocap criou em 1998, o
Programa “Implantando Sorrisos”, com o objetivo de colaborar com pacientes que não podem
custear o valor total de um tratamento de implantes orais. Este projeto social garante ao paciente, ter a mão-de-obra deste serviço inteiramente gratuita em seus tratamentos, já que somente os custos de material serão cobrados. O subsídio pode chegar até a 50% de desconto. O “Implantando Sorrisos” já atendeu mais de 100 pessoas utilizando diversas técnicas cirúrgicas, o que beneficia pacientes que sofrem com a falta de um ou até de todos os dentes. Os procedimentos são realizados por profissionais Cirurgião Dentista em treinamento nesta área sobre supervisão de profissionais Professores Mestres ou Doutores.

 

Dentes fixos em 72 horas. 

Técnica mundial é realizada na CLINOCAP por Cirurgiões Dentistas em treinamento sob supervisão de equipe de Especialistas, mestres e doutores.  

Técnica mundial de implante rápido e com os melhores resultados estéticos e funcionais. O procedimento de implante denominado de Carga Imediata serve para repor um dente perdido ou para restabelecer todos os dentes ausentes da boca. A técnica consiste na instalação dos implantes e colocação dos dentes fixos em 72 horas, feita com anestesia local e no próprio consultório do dentista.

O tratamento convencional com implantes dentários envolve duas etapas: a colocação do parafuso (implante) e a colocação da prótese (dente) sobre o implante. A fase de cicatrização entre estas duas etapas é de, normalmente, três meses. Na carga imediata, o dente é colocado logo após a cirurgia.

A indicação desta técnica é específica e deverá ser indicada por um profissional qualificado.

Conheça as vantagens do tratamento com implantes dentários

O tratamento com implantes tem melhorado a vida de muitas pessoas trazendo benefícios e vantagens tais como:

Quando indicado, o paciente poderá ter seus dentes em até 72 horas após a cirurgia.
Melhora da saúde graças à capacidade de mastigar uma ampla variedade de alimentos nutritivos.
A reabilitação da boca da forma mais parecida com seu estado natural.
Maior conforto e confiança devido à eliminação de próteses totais ou próteses parciais mal ajustadas ou soltas.
Preservação da estrutura dos ossos maxilares pela redução de possível deterioração, mantendo a estética facial.
Evita o desgaste de dentes vizinhos, necessários para a colocação de próteses fixas sem implantes.
Sentimento de mastigar com seu próprio dente.

Ligue e agende sua consulta. Utilize nosso chat

Nossa especialidade é criar sorrisos

 

 

Recomendações pré-operatória para Implantes dentários

 
- A alimentação deve ser leve, evitando-se alimentos gordurosos, frituras, laxantes (mamão), fermentáveis (leite, queijos, banana); mas nutritiva.
- Comparecer à clínica com 30 minutos de antecedência vestindo roupas leves e confortáveis;
-  Se possível vir acompanhado(a);
-  Evite o uso de jóias e maquiagem;
- Compareça com a barba feita/aparada;
- Evitar fumar nas 72 horas que antecedem a cirurgia e nos 30 dias que a sucedem para evitar complicações anestésicas e cirúrgicas, além de contribuir para a plena cicatrização dos tecidos;
-  Deixar preparada em casa uma alimentação líquida e fria, como sopas, suco, vitaminas, sorvete, etc…;
-  Evitar a ingestão de remédios à base de ácido acetil salicílico (aas, aspirina, buferin etc) por pelo menos 04 dias antes da cirurgia;
- Tomar os medicamentos conforme a prescrição recebida na clínica;
- Esclareça suas dúvidas antes de vir para a cirurgia. Tenha certeza de que entendeu as orientações pré e pós-operatórias, assim como a prescrição de medicamentos a ser tomados.

 

Recomendações pós-operatória para implantes dentários

 
Após as cirurgias da cavidade bucal o paciente deve tomar alguns cuidados importantes para evitar aumento do edema (inchaço), dor, hemorragias e infecções.

 O paciente deve estar orientado que os três primeiros dias são fundamentais para a estabilização inicial do coágulo sanguíneo e esse período é crítico para um bom resultado pós-operatório sem complicações.
 As principais orientações que o paciente deve seguir são:

 •  Tomar corretamente a medicação prescrita pelo cirurgião. 
Essas incluem basicamente antibióticos (quando o caso indicar), antiinflamatório e analgésico.

•  Fazer compressa fria no rosto nas primeiras horas. 
O paciente deve lembrar de passar um creme na pele para que essa não queime, fazendo intervalos a cada 15 minutos de compressa, quanto maior o período de uso acarretará em uma diminuição significativa do edema facial melhorando também possível dor e diminuindo a vascularização local evitando assim hemorragias.

•  Não fumar. 
Ao tragar um cigarro destacamos dois problemas: o primeiro é a tragada em si que provoca uma pressão negativa, já explicada anteriormente, e o segundo problema é a temperatura que a fumaça entra na cavidade bucal que é capaz de deteriorar o coágulo provocando um alvéolo seco que pode gerar uma infecção conhecida por alveolite. É bom lembrar também que a nicotina destrói a vitamina c, que é essencial para a regeneração tecidual, atrasando o reparo da ferida cirúrgica.
 
•  Não ficar cuspindo. 
Esse hábito irá promover uma pressão negativa na boca podendo deslocar o coágulo que está em formação e consequentemente gerar uma hemorragia. Ingerir líquidos por canudo também é contra-indicado por seguir o mesmo princípio.
•  Alimentação líquida/pastosa e fria – 48h
Uma alimentação dura pode traumatizar o local da cirurgia removendo o coágulo e provocando uma hemorragia assim como o alimento quente poderá aumentar a vascularização local e também provocar uma hemorragia.
 
•  Não fazer bochecho nem sucção por canudo. 
Nos primeiros três dias após a cirurgia o coágulo ainda se encontra muito instável e qualquer distúrbio brusco dentro da cavidade bucal poderá remover esse coágulo provocando uma hemorragia. Lembrando que todas as receitas caseiras como fazer bochecho com água gelada, água com sal ou água com vinagre são absolutamente contra-indicados.
 
•  Morder gaze por no mínimo 30 minutos. 
A gaze mantida sobre o local da cirurgia irá fazer uma compressão e promoverá uma hemostasia. É importante que a gaze fique sobre a ferida cirúrgica e não entre os dentes, se essa ficar dessa maneira não irá comprimir a ferida e não será obtido o efeito desejado. Caso o paciente apresenta alguns distúrbio de coagulação a gaze deverá ser mantida por mais tempo.
 
•  Não realizar atividades físicas – 48h
A atividade física irá promover aumento da circulação sanguínea e uma eventual hemorragia, sendo assim o paciente deverá permanecer em repouso absoluto.
•  Não ficar exposto ao sol – 48 h
A exposição ao sol ira, da mesma forma, aumentar a circulação do sangue e aumentar o risco de hemorragia.
 
•  Dormir com o travesseiro alto. 
Um leve sangramento quando o paciente se encontra deitado é bastante normal e não é necessário nenhum alarde. Quando mantemos a cabeça mais elevada diminuímos a circulação da cabeça que se encontra aumentada devido a posição em que o paciente se encontra.
 
•  Manter a higiene bucal. 
Não fazer bochecho não significa que o paciente não deve higienizar a boca. A escovação dos dentes deve ser mantida, porém o paciente não poderá fazer o bochecho.